NÃO É CARRO X BICICLETA.


O trânsito intenso e as horas intermináveis em engarrafamentos levam ao empobrecimento da qualidade de vida e à poluição. As respostas a esse impacto estão vindo com força. Em vários países há pedágio urbano, normas rígidas para criar estacionamentos, barreiras à instalação de postos de combustível e redução da velocidade nas vias.  O automóvel virou vilão. Danilo Cersosimo - Outra Cidade

cars-nebraska
O documentarista Fredrik Gertten decidiu apitar sobre essa dicotomia, mas sem caracterizá-la como tal – apesar de o título do filme, Bike vs Carros, ser sobre o perigo, o desdém e o debate que embalam as avenidas do mundo, mostrando quem é o verdadeiro inimigo natural das bicicletas: governos altamente influenciados pela receita das indústrias de automóveis, combustível e construção. 
Os dois meios de transporte não colidem apenas nas ruas, mas filosoficamente, colocando subúrbio contra centro, as elites liberais contra os conservadores, Davi em duas rodas versus Golias em versão caminhonete. VICE

O Brasil ficou chocado com a barbárie cometida pelo Sr. Ricardo Neis ao jogar seu carro em cima de vários ciclistas da Massa Crítica, em Porto Alegre. Papo de Homem
Procurando desvendar a rota das bicicletadas brasileiras, a jornalista da rede Global Voices foi conversar com dois mobilizadores da Bicicletada Massa Crítica de Salvador, na Bahia - Roque Júnior e Rosa Ribeiro.


Postagens mais visitadas