1°MUTIRÃO DIGITAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS


O Diretor do PROCON Paulistano, Dr. Ricardo Ferrari Nogueira, assinalou ser “essencial difundir a utilização do site consumidor.gov.br no Município de São Paulo para promover a harmonização das relações de consumo”.
PROCON Paulistano realiza o primeiro mutirão digital de educação financeira em São Paulo. A iniciativa, executada em parceria com a SENACON (Secretaria Nacional do Consumidor), tem como objetivo incentivar a renegociação de dívidas de consumidores com instituições financeiras por meio da plataforma www.consumidor.gov.br e difundir a educação para o consumo de produtos e serviços financeiros.

Serviços prestados no 1º Mutirão Digital
Palestras e Oficinas de Educação Financeira – 05 a 11 de novembro
Onde: Faculdade Damásio
Endereço: Rua da Gloria, 195, Liberdade
Horário: Das 14 às 16h30
Quem pode participar: Consumidores com dívidas ou interessados em aprofundar os conhecimentos em educação financeira
Atendimento a consumidores
Nos dias 5 e 11 de novembro, das 14h às 17h, os consumidores com dificuldade de acesso aos canais digitais contarão com atendimento presencial na Faculdade Damásio, localizada na Rua da Gloria, 195, Liberdade – São Paulo.
Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), criada pelo Decreto nº 7.738, de 28 de maio de 2012, integra o Ministério da Justiça e tem suas atribuições estabelecidas no art. 106 do Código de Defesa do Consumidor e no art. 3º do Decreto n° 2.181/97.
Boletim Sindec é uma publicação que tem entre seus principais objetivos permitir à sociedade o acesso a informações sobre as empresas mais demandadas nos órgãos públicos de defesa do consumidor e os principais problemas apresentados, de forma a orientar o consumidor na escolha de produtos e serviços. RANKINGS – PROCON Paulistano
O aplicativo Rio Feiras está disponível para smartphones, permitindo aos usuários interagir e avaliar as 159 feiras fixas da cidade, além de outras 21 móveis. De acordo com a Secretaria municipal de Ordem Pública (Seop), as informações registradas no aplicativo servirão de parâmetro para a fiscalização e o monitoramento da situação das feiras, mas não vão gerar autuações, já que isso é de responsabilidade da fiscalização feita diariamente nos pontos de venda. Rafaella Barros – Extra
O Consumidor.gov.br é uma plataforma pública de interação que, pela Internet, permite comunicação direta entre consumidores e fornecedores em prol da solução consensual de conflitos de consumo, a participação das empresas é voluntária e só permitida àquelas que aderem formalmente ao serviço, mediante assinatura de termo no qual se comprometem a conhecer, analisar e investir todos os esforços disponíveis para a solução dos problemas apresentados, em, no máximo, 10 diasAssociação Brasileira de Ouvidores/Ombudsman

Postagens mais visitadas