LUZES DA LUZ


Um frêmito da Grande Luz
E luzes jorraram em profusão
Houve tempo na eternidade
Espaço na imensidão
Sustentar a vibração Divina
Tornou-se o nosso afã
Surgiu a bipolaridade
Agora há homem e há mulher

Presença, ausência; luz, não luz
Calor, frio; ato, inação
Dorme mineral, desperta vegetal
Segue instintos o animal
O homem se ergue na figura de Adão
Ama e aprende a ser o rei da criação
Queremos voltar a ti, Oh, Pai
As luzes querem, anseiam a Mãe Luz
Luzes perdidas, asserenai
Eis o roteiro: segue Jesus
A luz da Luz, a Luz das luzes
Luzes da Luz, segue Jesus...


Postagens mais visitadas