Tâmara, mil benefícios.


tâmara

Uma porção de 100 gramas de tâmaras secas fornece os seguintes nutrientes:
  • Calorias: 277 kcal;
  • Carboidratos: 75 gramas;
  • Fibra: 7 gramas (A fibras podem beneficiar a saúde digestiva, impedindo a constipação e promovendo movimentos intestinais regulares, o que contribui para a formação de fezes, pode ser benéfica para o controle do açúcar no sangue, pois retarda a digestão e ajuda a evitar que os níveis de açúcar no sangue subam muito rapidamente depois de comer);
  • Proteína: 2 gramas;
  • Potássio: 20% da Ingestão Diária Recomendada (IDR);
  • Magnésio : 14% da IDR;
  • Cobre: 18% da IDR;
  • Manganês: 15% da IDR;
  • Ferro: 5% da IDR;
  • Vitamina B6: 12% da IDR.
Os antioxidantes protegem as células dos radicais livres, moléculas instáveis ​​que podem causar reações prejudiciais em seu corpo e levar a doenças. Em comparação com tipos semelhantes de fruta, como figos e ameixas secas, as tâmaras secas têm maior quantidade de antioxidantes.
O consumo de tâmara é bom para reduzir marcadores inflamatórios, como a interleucina 6 (IL-6), no cérebro. Altos níveis de IL-6 estão associados a um maior risco de doenças neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer (confira aqui estudos a respeito 12).
tâmara tem potencial para promover e facilitar o parto natural tardio. Comer tâmara nas últimas semanas de gestação pode promover a dilatação cervical e diminuir a necessidade de trabalho de parto induzido. A fruta também podem ser útil para reduzir o tempo de trabalho de parto, de acordo com estudo.


tâmara é uma fonte de frutose, um tipo natural de açúcar, muito doce e com um sabor sutil semelhante ao de caramelo, são ótimas substitutas para o açúcar branco em receitas, devido aos nutrientes, fibras e antioxidantes que fornecem. Stella Legnaioli - eCycle





Palmeira originária do Golfo Pérsico, a tamareira (Phoenix dactylifera L.) era considerada como a árvore da vida pelos Caudeus, que comiam os frutos e botões, bebiam a seiva, usavam a fibra para tecer e as amêndoas como combustível. Por causa da grande quantidade de açúcares é muito usada no preparo de geleia, licor, aguardente, vinagre, álcool e as passas, mais comuns por aqui. Da palmeira pode ser extraído ainda o palmito, também usado na alimentação humana. 
No Brasil há plantações de tâmaras especialmente no Nordeste, mas embora tenham se adaptado bem ao solo e ao clima, não é ainda uma cultura de relevo. Parece que duas variedades, a medjool e a azahidi, chegam a frutificar aos dois anos, sendo que na região de origem isto só acontece aos oito.


A tamareira desenvolve-se bem em terrenos arenosos ou salinizados, alta luminosidade, baixa umidade e temperaturas altas, hoje as maiores plantações de tamareiras situam-se em regiões de pouca chuva como no Irã e Iraque, que são considerados os maiores produtores. E também no norte da África e países de climas desérticos. Nas regiões de origem há muitas variedades, sendo que apenas algumas poucas são exportadas para a Europa. Os gregos chamavam-na de daktulos (dedos) por causa de seu formato, daí o date do inglês ou dactilylifera do nome latim. come-se

Comentários

Postagens mais visitadas