Ciro Pessoa, vítima da Covid-19

O músico, poeta e jornalista Ciro Pessoa, viveu 62 anos. um dos fundadores da banda Titãs e coautor de alguns dos sucessos do grupo, como Sonífera ilhaToda a cor Homem primataBabi índio faleceu vítima da infecção do novo coronavírus, , a ex-mulher Isabela Johansen do músico confirmou que ele lutava contra um câncer, banda que terminou sendo os Titãs, em 1982. GeekTroper


A primeira formação adotou o nome de Titãs do Iê-Iê e se estabeleceu com Arnaldo Antunes, Branco Mello e Ciro Pessoa (vocais), Paulo Miklos (saxofone, flauta, teclados, guitarras ocasionais), Sérgio Britto (vocais e teclados), Nando Reis (vocais e baixo), Tony Belloto Marcelo Fromer (guitarras) e André Jung (bateria), se apresentando com visual bizarro (ternos coloridos, gravatas de bolinha, cortes de cabelos estranhos, maquiagem) e uma musicalidade que misturava todas as suas influências em uma embalagem moderna, algo new wave, algo pop. O primeiro show foi em 28 de setembro de 1982, no SESC Pompeia.

Pessoa montou a banda Cabine C que ganhou notoriedade por ser uma das pioneiras do rock gótico no Brasil, e lançaram um único disco, Fósforos de Oxford, em 1986teve outros projetos musicais, como Ciro Pessoa e seu PessoalCiro Pessoa & o Ventilador, gravou dois discos solo (em 2003 e 2010) até a mais recente banda Flying Chair (que lançou quatro álbuns entre 2016 e 2018), ao mesmo tempo em que suas composições foram gravadas pela banda Ira!, de quem guardava amizade. Ele tem mais de 100 composições registradas no ECAD, diz o G1.




Pessoa também emplacou uma carreira como jornalista, a partir dos anos 1990, escrevendo para a Folha de São Paulo e, principalmente, para revistas mensais ou semanais da editora Abril, como Playboy, Superinteressante, VIP, Viagem & Turismo, dentre outras. Irapuan Peixoto - hqrock


Na década de 1990, seria a vez de Ciro Pessoa e Seu Pessoal, grupo de linha pop, e de o músico se dedicar à crónica, publicando textos como "Caminho Afora" (2002) e "O Mundo dos Sonhos" (2004), relatos de viagem que lhe deram o Prémio Abril, e que coligiu no seu blog O Mundo de Mantraman. DN/Lusa
Brasileiro Ciro Pessoa, fundador da banda Titãs, morre vítima de covid-19
Na viragem para os anos 2000, criou outro projeto musical, Ciro Pessoa & Ventilador. Num reencontro com Branco Mello publicou o álbum infantil "Eu e Meu Guarda-Chuva". Em 2003 deu início a uma carreira a solo, com o álbum "No Meio da Chuva Eu Grito 'Help!'", a que se seguiria "Em Dia com a Rebeldia". As bandas Nu Descendo a Escada e Flying Chair deram origem aos seus últimos projetos musicais.



Comentários

Postagens mais visitadas