Doodle do Google Hip Hop

O ritmo que ganhou o mundo engloba uma série de manifestações culturais da música negra como MCs, DJs, b-boys e b-girls, break dancers e também o graffiti. No Doodle todos podem ser DJs! Com duas pick-ups (toca discos) e um mixer o Google propõe um desafio em dez níveis que vai de trocar um disco em uma batida até tocar uma mixagem completa com vários ritmos.
Nascimento do Hip Hop é tema de Doodle do Google


Em 11 de agosto de 1973, um jovem DJ de, apenas 18 anos, realizou uma festa em no Bronx, bairro do subúrbio de Nova York, e usou só os segmentos instrumentais de músicas para permitir que o público dançasse por mais tempo, os trechos (ou “breaks”) eram acompanhados de falas ao microfone de um amigo, um MC. Melissa Cruz Cossetti e Paulo Alves - techtudo

O Hip Hop surgiu em festas estudantis e rapidamente ganhou fama entre os jovens locais. Adolescentes negros se aglomeravam em casas, parques e nas escolas para ouvir as primeiras criações dos novos DJs, sempre inspiradas nas tradições orais da cultura afro-americana. Ícones como o Grandmaster Flash e seu grupo Grandmaster Flash and the Furious Five; Coke La Rock, Afrika Bambaataa e Kool Herc surgiram dali e logo ganharam projeção nacional.


hiphop-early2.gif



O Hip Hop teve influência jamaicana, se espalhando entre jovens descendentes de imigrantes do país caribenho nos Estados Unidos. Kool Herc, o adolescente nascido em Kingston, na Jamaica, que começou o movimento, ganhou o título de Pai do Hip Hop. Os grandes ícones do Hip Hop, porém, só surgiram com a mentoria de nomes do R&B, que viram o potencial comercial da nova música.


Google celebrated the 44th anniversary of that moment with an unprecedented Doodle, with a custom logo by the famous graffiti artist Cey Adams, interactive record players on which users can mix samples of legendary tracks and a part of Hip Hop history - with an emphasis on its founding pioneers. In addition, the whole experience is narrated by the Hip Hop icon Fab 5 Freddy, former presenter of “Yo! Rap from MTV.



Hip Hop was accessible. A kid with little means and hard work could transform their turntable into a powerful instrument of expression (also illustrating hip hop’s technical innovation). Starting with folks like DJ Kool Herc, DJ Hollywood, and Grandmaster Flash, the grassroots movement created a new culture of music, art, and dance available to the 5 boroughs of the city and beyond.

Hip Hop was disruptive. Ultimately, to me, it shows that people in any situation have the ability to create something powerful and meaningful. The progression of this culture and sound - from Kool Herc spinning James Brown breaks at a block party to Jay-Z, Kanye West, and Drake being some of the biggest forces in music 44 years later - is something that few people at that first party could have anticipated.

No Brasil, o Hip Hop se destaca com artistas consagrados como Mano Brown e Sabotage, este já morto. Recentemente, ganharam notoriedade álbuns de Criolo, Tássia Reis, Rael e a dupla Issa Paz e Sara Donato.

This series by Google started on April 27 with the game Coding for Carrots. It is a two week long campaign with a total of 10 interactive Google Doodles, out of which 9 have been revealed with the Hip Hop game being the latest one. Friday will be the last doodle in the series.  Vineet Washington - Gadgets 360









Comentários

Postagens mais visitadas