Outras overdoses

Super dose ou dose excessiva, a overdose é um termo em inglês utilizado cientificamente para indicar a exposição do organismo à altas doses de uma ou mais substâncias químicaslícitas ou ilícitas, que é capaz de provocar efeitos adversos agudos, físicos e/ou mentais, acusando sintomas clínicos que debilitam o organismo, levando à falência de órgãos vitais, como coração e pulmões, causando graves conseqüências ao indivíduo, inclusive a morte. Marlene Amariz - InfoEscola

O corpo humano tem seus limites, e várias substâncias quando utilizadas acima do que ele possa suportar, poderão desencadear reações imprevisíveis e desagradáveis.

A metabolização, ou seja, a eliminação da substância ingerida geralmente é feita pelo fígado, onde são decompostas, resultando em outros compostos mais simples e menos tóxicos, quando a ingestão for maior que a velocidade de metabolização, ocorre um acúmulo de substâncias tóxicas (intoxicação), alcançando níveis capazes de provocar parada cardíaca ou respiratória, ou ainda depressão total do SNC (Sistema Nervoso Central), sendo fatal.

A overdose pode ser acidental, provocada, fatal ou não, porém torna-se difícil estabelecer um critério para cada uma dessas situações, é hoje uma das principais causas de morte entre os dependente químicos,  uma das coisas que não deve-se fazer é provocar vômitos, o que nesses casos seria mais prejudicial. O ideal é que sempre se procure um serviço médico especializado com profissionais preparados para esse tipo de atendimento.


A nossa sociedade ainda conserva uma visão muito errada sobre a doença e nem sempre aceita a situação de forma inteligente e consciente, muitas vezes, destilando ódio, desprezo e desapreço pela pessoaO fato é que todos estamos suscetíveis e os vícios podem começar em atos simples, desde a cervejinha com os amigos da esquina até o uso descontrolado de determinado medicamento, a dependência química não se limita apenas às drogas mais pesadas e de maior risco. Viver sem Drogas

O preconceito contra dependente químico só tende a agravar a situação e até gerar quadros piores, como uma depressão. A falta de informação sempre será o principal fator para o preconceito, geralmente associado a diversos outros motivos sociais e históricos, como: Criminalização dos usuários; Desinformação; Vergonha. O vício também engloba uma série de fatores externos com a saúde mental e psicológica da pessoa.

Os sintomas da overdose aparecem quando o usuário faz um uso excessivo de alguma substância, podem variar bastante de acordo com a droga, pois elas agem de forma distinta no nosso corpo, confira os mais comuns: Dificuldade de respirar; Náuseas e vômito; Diminuição dos batimentos cardíacos; Aceleração dos batimentos cardíacos; Dor no peito; Convulsões; Suor excessivo; Desmaios ou perda de consciência; Psicose e paranoia.

Algumas ações e atitudes que podem ser úteis e praticadas em situações desse tipo:
  • busque manter uma energia positiva dentro de casa, sempre fortalecendo a autoestima e incentivando boas ações;
  • mantenha-se disposta/o sempre a ajudar e a contribuir;
  • elogie cada evolução;
  • trabalhe bem os diálogos e permita-se ouvir o lado do dependente químico;
  • jamais aja de forma agressiva, com autoritarismo, castigos ou violência;
  • mostre exemplos e notícias boas de casos de sucesso;
  • planeje uma vida mais saudável dentro de casa;
  • estimule o usuário a criar planos futuros e ajude-o a conquistá-los;
  • tenha empatia e compaixão;
  • participe de grupos de apoio e troque informações com outras famílias na mesma situação;
  • busque apoio e suporte profissional.
Café e bebidas com Cafeína podem causar Overdose

As autoridades internacionais de saúde advertem que 50 miligramas por ml de sangue já são suficientes para provocar uma morte, o café é um alcaloide que estimula o sistema nervoso, segundo a Autoridade Europeia de Segurança Alimentícia (EFSA, na sigla em inglês), uma dose entre 75 mg e 300 mg de cafeína ao dia pode ajudar a melhorar o rendimento de atividades físicas e intelectuais, " e em pequena quantidade já pode causar uma overdose acidental". BBC

A cafeína está presente em bebidas energéticas, em suplementos de academia, remédio, nos chás verde, mate e preto e nos refrigerantes do tipo cola, por exemplo. Marília Pinheiro - Tua Saúde

A overdose acontece quando se usa uma dose excessiva de um medicamento ou qualquer tipo de substância, seja por ingestão, inalação ou injeção direta na corrente sanguínea,  pode -se caracterizar as drogas em:  depressoras, estimulantes e remédios de venda livre. Manuel Reis


Comentários

Postagens mais visitadas