O estresse, os brancos e os grisalhos!

Já ouviu aquela história de que cabelo branco muito cedo é por conta do estresse? Acontece que você pode não ter exagerado quando nos disse que seus filhos fizeram seus cabelos ficarem brancos.
 (imagem adaptada de Innart/Shutterstock)
Estudo publicado pela Harvard University, em Massachusetts, revela uma ligação entre o sistema nervoso e as células-tronco que regeneram pigmentos nos folículos capilares. Quando sob estresse frequente, a noradrenalina do sistema nervoso simpático faz com que as células-tronco dos melanócitos sejam ativadas excessivamente. Todas as células-tronco se convertem em células produtoras de pigmentos, esgotando prematuramente o reservatório. Os resultados explicam as ligações celulares e moleculares entre estresse e envelhecimento prematuro dos cabelos. INSTITUTOFLASH786
Empirical and anecdotal evidence has associated stress with accelerated hair greying (formation of unpigmented hairs) but so far there has been little scientific validation of this link. Here we report that, in mice, acute stress leads to hair greying through the fast depletion of melanocyte stem cells. Our study demonstrates that neuronal activity that is induced by acute stress can drive a rapid and permanent loss of somatic stem cells, and illustrates an example in which the maintenance of somatic stem cells is directly influenced by the overall physiological state of the organism. Zhang, B., Ma, S., Rachmin, I. et al. Hyperactivation of sympathetic nerves drives depletion of melanocyte stem cells. Nature (2020).
Dados estendidos Fig. 1

Extended Data Fig. 1: Effects of stress on the hair pigmentation. Hyperactivation of sympathetic nerves drives depletion of melanocyte stem cells

O envelhecimento dos cabelos e/ou alteração da cor do cabelo pode pode estar ligada aos nervos no sistema de resposta “lutar ou fugir” que o estresse nos impõe, os pesquisadores dizem que agora pensam que sabem como o estresse causa cabelos grisalhos. Especialistas dizem que o estresse é apenas um fator e que a genética também desempenha um papel importante. Resiliência Humana - Acordo Coletivo
Os testes iniciais dos pesquisadores analisaram atentamente o cortisol, o “hormônio do estresse” que surge no corpo quando uma pessoa experimenta uma resposta de “luta ou fuga”, mas a presença a longo prazo de cortisol elevado está ligada a uma série de resultados negativos para o sistema nervoso simpático e para a saúde.
Os produtos químicos liberados durante a resposta ao estresse – especificamente a noradrenalina – fazem com que as células-tronco produtoras de pigmentos sejam ativadas prematuramente, esgotando as “reservas” de cor dos cabelos. Ya-Chieh Hsu , PhD, principal autor do estudo e professor associado de células-tronco e biologia regenerativa em Harvard, em comunicado à imprensa:
“Depois de apenas alguns dias, todas as células-tronco regeneradoras de pigmentos foram perdidas. Depois que eles se foram, você não pode mais regenerar pigmentos. O dano é permanente.
“Os cabelos grisalhos são causados ​​pela perda de melanócitos (células pigmentares) no folículo piloso. Isso acontece à medida que envelhecemos e, infelizmente, não há tratamento que possa restaurar essas células e o pigmento que elas produzem, melanina ” , explica Lindsey A. Bordone , dermatologista da Columbia e professora assistente de dermatologia no Columbia University Medical Center, Nova York, disse à Healthline.
O tabagismo, por exemplo, é um fator de risco conhecido para o envelhecimento prematuro, de acordo com Estudo de 2013 Fonte Confiável. Portanto, abandone o hábito se quiser manter a cor um pouco mais. Outros fatores que contribuem para o envelhecimento prematuro incluem deficiências em proteínas, vitamina B-12, cobre e ferro, bem como o envelhecimento devido em parte ao acúmulo de estresse oxidativo.
Esse estresse é provocado por um desequilíbrio entre radicais livres e antioxidantes em seu corpo, que pode danificar tecidos, proteínas e DNA , disse à Healthline Kasey Nichols , NMD, um médico do Arizona e especialista em saúde da Rave Reviews .
As mudanças que você pode adotar para retardar o envelhecimento prematuro incluem comer uma dieta rica em ácidos graxos ômega-3, como nozes e peixes gordurosos, não gastar muito tempo com a luz ultravioleta do sol, que causa danos à pele e aos cabelos, e toma vitamina B-12 e suplementos de vitamina B-6, não faria mal fazer um check-up, apenas no caso de fatores genéticos naturais não serem o único culpado.

Eztrezze-ze: Jeunesse Spa™ Hair CareHIDRATAÇÃO DE AÇÚCARNAARA BEAUTY DRINK E FAMÍLIA. (CONTRIBUA COM O BLOG)A NOITEMEDITAÇÃO EM 1 MINUTOÓTIMAS PARA A SAÚDE: BATATAS DOCEA HORA DO SUFOCOLA VIE EN ROSECabelos natuloridos

Comentários

Postagens mais visitadas