Cidade Invisível

 

Esqueça os deuses nórdicos ou a lendas celtas: os mitos do folclore brasileiro finalmente estão entre nós em Cidade Invisível, série que é um excelente acerto da Netflix e traz para o audiovisual uma muito bem-vinda versão de entidades como a Cuca, o Curipira, o Saci e a Iara. Conta com a presença de Margo PigossiAlessandra Negrini e José Dumont à frente do ótimo elenco, com direção de Carlos Saldanha. RAQUEL PINHEIRO

A produção acompanha Eric (Marco Pigossi), um detetive da polícia ambiental que investiga a misteriosa morte de sua mulher, Gabriela (Julia Konrad). Durante o trabalho, no entanto, ele acaba descobrindo que o Rio de Janeiro que ele conhece está habitado por figuras fantásticas —que parecem estar de alguma forma ligadas ao incêndio em que Gabriela morreu. Beatriz Amendola – Splash

Divulgação

São criaturas como o Curupira, o Saci e a Cuca, que se materializa aqui na figura de Inês (Alessandra Negrini), dona de bar e uma poderosa bruxa que sabe mais do que revela e que mantém com Eric uma relação de desconfiança mútua, mais do que uma relação vilã-mocinho.

Com sete episódios disponíveis a partir de 05/fev na Netflix, Cidade invisível revisita lendas e personagens do folclore brasileiro em uma trama aventureira e contemporânea.
Saldanha é o criador da série, que tem produção da Prodigo Films (responsável por Coisa mais linda, outro título da Netflix), mas a direção dos episódios é dividida entre Luis Carone e Julia Jordão.  Mariana Peixoto

Sazi-se: DOMÍNIO PÚBLICOA lenda maia do beija-florA lenda do fio vermelhoRio fervente, lenda amazônicaHalloween Saci!CurupiraIemanjáMacunaímaDia do folcloreCultura Indígena e Fantasia

Comentários

Postagens mais visitadas